Galeria Quadrum

história secreta da aviação e alguns meteoritos

Artistas Manuel Zimbro
Curadoria Galerias Municipais
Inauguração 04/05/2019 17:00
Data De 05/05/2019 a 07/07/2019
Folha de Sala

«Difícil é não deixar vestígios, e, sem história, sem sair do anonimato, ir assinalando apesar de tudo, as mais pequenas, incríveis e remotas paragens onde paira o equilíbrio de tudo com tudo»* Tal é o gesto que, à vista desarmada, Manuel Zimbro dá a ver, de história secreta da aviação, a Torrões de terra, dos livros e pedras, à banda desenhada Le lait de la voie lactée que agora se apresenta em edição fac-similada.

*[in história secreta da aviação, notas com gravidade para pôr em órbita uma aspiração comum]

Biografia

Manuel Zimbro

Nasceu em Lisboa em 1944 e estudou na Escola de Artes Decorativas António Arroio. Instalou-se em Paris no final dos anos 60 onde foi assistente de René Bertholo e conheceu Lourdes Castro. Nas décadas de 70 e 80 colaborou no Teatro de Sombras de Lourdes Castro com a criação de dispositivos de iluminação e partilhando a autoria das obras As Cinco Estações, 1976-80 e Linha de Horizonte, 1981-85.

O trabalho de Manuel Zimbro foi exposto em seis momentos: Torrões de Terra, Assírio & Alvim, Lisboa, 1995; história secreta da aviação, Porta 33, Funchal, 1997; história secreta da aviação, Assírio & Alvim, Lisboa, 1998; história secreta da aviação, Galeria Lino António, Escola Artística António Arroio, Lisboa, 2005; À Luz da Sombra, Museu de Arte Contemporânea da Fundação de Serralves, Porto, 2010; e Linha de Horizonte, Chiado 8, Lisboa, 2013.

Aproximou-se do pensamento de David Bohm e do budismo zen, cuja filosofia divulgou em Portugal. Em 1993 organizou com Pedro Morais a exposição Sutra do Coração. Caligrafia do mestre zen Hôgen Daidô no Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian. Co-traduziu e coordenou o livro Folhas Caem, um Novo Rebento e No caminho aberto, ambos da autoria de Hôgen Yamahata. Em 2003 coordenou a edição do volume colectivo Desenho com Nuno Faria, uma iniciativa da Fundação Carmona e Costa. Morreu em 2003 na Ilha da Madeira.

Visita Guiada

Visitas Mediadas Gratuitas

Abordagens e Processos na Arte Contemporânea

Escolas – Ensino Secundário e Superior – Atividade adaptável aos 1º, 2º e 3º ciclo

de terça a sexta-feira

Marcação Prévia: servicoeducativo@galeriasmunicipais.pt

 

©Pedro Tropa