Conversa entre Pedro Neves Marques e Luís Silva

Pedro Neves Marques, Luís Silva

1/2

Por ocasião da exposição Corpos Medievais no Torreão Nascente da Cordoaria, as Galerias Municipais têm o prazer de anunciar uma conversa entre artista Pedro Neves Marques e o curador Luís Silva. 
 
Através de um corpo de trabalho que inclui obras recentes, apresentadas pela primeira vez em Portugal, e uma peça inédita desenvolvida especificamente para Corpos Medievais, Pedro Neves Marques traça uma narrativa simultaneamente emocional, reflexiva e especulativa sobre a genderização dos corpos e da ciência bem como sobre a construção do binário natural vs. artificial. Intersetando estratégias de autoficção com os códigos da ficção científica soft, as obras apresentadas fazem eco de um conjunto de questões centrais ao pensamento contemporâneo como reprodução e gestação queer, receios de artificialidade e fluidez entre corpos humanos e não-humanos. 

Pedro Neves Marques (Lisboa, 1984) é artista visual, realizador e escritor. Teve exposições individuais em CA2M (Madrid), CaixaForum (Barcelona), 1646 (Haia), Castello di Rivoli (Turim), High Line e e-flux (Nova Iorque), Gasworks (Londres), Pérez Art Museum of Miami, Museu Colecção Berardo (Lisboa). Exposições colectivas e screenings recentes incluem Liverpool Biennial (Liverpool), Gwangju Biennale (Gwangju), Guangzhou Image Triennial (Guangzhou), Tate Modern Film (Londres), Serpentine Galleries Cinema (Londres) e Guangdong Times Museum (Guangzhou), bem como festivais de cinema como Toronto International Film Festival e New York Film Festival, entre outros. É co-fundadore da editora de poesia livros do pântano, com a qual publicou o livro de poemas Sex as Care and Other Viral Poems (2020). É autore de dois livros de contos, mais recentemente, Morrer na América (Abysmo e Kunsthalle Lissabon, 2017) e editou as antologias YWY, Searching for a Character Between Future Worlds (Sternberg Press, 2021), The Forest and The School (Archive Books, 2015) e co-editou o número do e-flux journal Supercommunity para a 65ª Bienal de Veneza (2015). Foi premiade com o Present Future Art Prize na feira de arte Artissima em 2018 e shortlisted para o Pinchuk Future Generation Art Prize 2021.

Luís Silva é um curador que vive e trabalha em Lisboa onde é diretor da Kunsthalle Lissabon.

ler mais
ler menos

Exposição Relacionada

Data
Título
Artistas
Curadoria
Galeria
18.07.2021
– 19.09.2021
Corpos Medievais
Pedro Neves Marques
Luís Silva
Torreão Nascente da Cordoaria Nacional