Lançamento “Um estranho aqui cheguei”

Pedro Calapez e/and Alexandre Conefrey, Sérgio Fazenda Rodrigues, Tobi Maier

um estranho aqui cheguei pedro calapez alexandre conefrey galerias municipais

As Galerias Municipais apresentam a publicação que acompanha a exposição de Pedro Calapez e Alexandre Conefrey, Um estranho aqui cheguei, patente no Pavilhão Branco entre 18 de setembro e 14 de novembro de 2021, com curadoria de Sérgio Fazenda Rodrigues. Contém textos de Tobi Maier, Sérgio Fazenda Rodrigues, José Gil e Nuno Vieira de Almeida, assim como reproduções das obras expostas.
A publicação será apresentada numa sessão na Drawing Room com a presença dos artistas, do curador e do diretor das Galerias Municipais.

“Na verdade, procurando um sentido de unidade que se ativa com a perceção do visitante, ou com a demora inerente ao percorrer do espaço, a exposição questiona a inquietude romântica, repensando a violência da surpresa que, frequentemente, vem arreigada à mudança da escala. O repensar dessa inquietude, que abdica do embate, procura o que é complementar e indaga o Homem na sua capacidade de ação. Na verdade, evitando o confronto e plantando a dúvida, o que a exposição ambiciona é contrapor ao drama romântico um estado de cuidado que se instaura de forma subtil, mas subversiva.”

– Sérgio Fazenda Rodrigues

“O que é muito interessante e revela um pouco a «inspiração» na obra prima musical é que Conefrey apresenta também uma série de pequenas pinturas, pigmento sobre papel, onde esse «rasto» do objeto é agora totalmente subsidiário em relação à imagem gerada: sabemo-lo presente, mas essa presença já não é nítida, antes pelo contrário, a mancha por ele provocada, amplificada ou diminuta, é a nova razão de ser do objecto pictórico. Leio assim a transposição da noção de mobilidade e de transformação em algo ominoso presente na música.”

– Nuno Vieira de Almeida

ler mais
ler menos

Exposição Relacionada

Data
Título
Artistas
Curadoria
Galeria
18.09.2021
– 14.11.2021
Um estranho aqui cheguei
Pedro Calapez, Alexandre Conefrey
Sérgio Fazenda Rodrigues
Pavilhão Branco