Intervalo – Parte II

O programa de filmes “Intervalo” propõe, no contexto da exposição “Prospecto. Princípio, Meio e Ultimação”, olhar para os aspetos tecnológicos relacionados com o trabalho em Portugal no séc. XX, do pré ao pós-industrial, e os processos sociais e políticos direta, ou indiretamente, com ele relacionados. Esta seleção de documentários, proposta pela socióloga Luísa Veloso e pelo historiador Frédéric Vidal, resulta de um projeto de investigação que ambos desenvolvem no Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do ISCTE sobre a representação do trabalho no cinema português com a colaboração da Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema.

Estes filmes comungam o facto de terem sido realizados imediatamente antes e após o 25 de Abril de 1974. Constituem retratos do trabalho com uma clara conotação política e ideológica, conferindo um olhar sobre a sociedade portuguesa marcado pelos acontecimentos em curso, assim como do trabalho comprometido dos cineastas com a implantação do regime democrático e das dificuldades vividas pelos trabalhadores.

Lúcia e Conceição
Portugal, 1974
Realização: Cinequipa (realização não creditada de Fernando Matos Silva) para a série: “Ver e Pensar” (RTP); Colaboração: João Alfacinha da Silva, Octávio Espírito Santo, Carlos Alberto Lopes, José Luís Carvalhosa; Com: Lúcia e Conceição e os habitantes da aldeia da Maia, nos Açores; Produção: Cinequipa, Radiotelevisão Portuguesa – RTP; Duração: 26 minutos.

1º de Maio de 1982 – Dia Internacional dos Trabalhadores
Portugal, 1982
Realização: Forum; Produção: Forum; 27 min. Arquivo da CGTP-IN / Cooperativa para produção distribuição e exibição de filmes SCARL (Forum).

Emigrantes Portugueses
Portugal, 1972/73
Realização: Nuno Cintra Torres; Produção: Cinearma; Produtor: Nuno Cintra Torres; 24 min.

ler mais
ler menos

Exposição Relacionada

Data
Título
Artistas
Curadoria
Galeria
22.01.2017
– 09.04.2017
Prospecto. Princípio, Meio e Ultimação
André Guedes
Juan de Nieves
Pavilhão Branco